segunda-feira, 4 de abril de 2016

Querer ir e não voltar...

Hoje não foi uma manhã fácil para chegar ao escritório... acordar tarde, bem depois do despertador soar, sair atrasada, chuva, transito, acidentes e vontade "zero" de entrar no escritório.
Depois de uma noite às voltas de barco em Bangkok, pumba toca o despertador e "ACORDA ESSA NÃO É A REALIDADE". Tudo passou tão rápido que realmente mais parece um sonho.

E é esta a minha realidade querer fugir e não saber para onde ir... Não há nada que me prenda aqui mas há algo que não me deixa sair... Porque não vens comigo e desaparecemos os dois? Porque tens que ficar aqui nesta terra que nada tem para nos dar? Nem a felicidade se aproxima... Nem por uma única vez dá certo. Faz chuva e frio e o sol tende a não brilhar para mim... Será que algum dia vai brilhar?